terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Exposição fotográfica “A Experiência da Índia” | Biblioteca Escolar de Escariz | 4 » 18 dez

Luís Veloso é um médico apaixonado pela fotografia. Nesta exposição da sua autoria, o visitante irá ver “Índia: as muitas faces da natureza humana”. O fotógrafo quis mostrar o sétimo maior país em área geográfica, o segundo país mais populoso e a democracia mais populosa do mundo, através de uma pergunta: “Alguém pode espelhar a experiência da Índia melhor que os indianos?” “A Experiência da Índia” é, pois, um retrato de um País onde “nunca antes o fotógrafo tinha encontrado nas pessoas tanto desejo em serem fotografadas”.

| Horário |

segunda » sexta

09h00 > 17h00

Fonte: Camara Municipal de Arouca


segunda-feira, 1 de outubro de 2012

O bebedor de tinta de Éric Sanvoisin


A colecção Draculivro, publicada em 8 países do mundo, conta-nos uma história fantástica. A história do DRACULIVRO, um vampiro de livros que bebe a tinta por uma palhinha e os deixa todos em branco, para poder assim continuar a viver. Em vez de morar num cemitério, o Draculivro vive obviamente numa grande biblioteca... Um dia, Draculivro, o vampiro dos livros, é descoberto por um rapazinho, filho de um livreiro, que descobre esta estranha criatura a beber um dos livros do seu pai por uma palhinha. O rapaz resolve segui-lo e o vício pega-se... É que os livros, quando se começa a lê-los, quer dizer, a bebê-los, são irresistíveis!
Fonte:"http://www.wook.pt/ficha/o-bebedor-de-tinta/a/id/92600"

Artista de Circo de Margarida Rebelo Pinto


Este livro reúne pequenas histórias publicadas recentemente no Jornal de Notícias, e algumas inéditas, datadas do mesmo período da escrita do romance Alma de Pássaro. Aqui se cruza a voz da autora com outras, de personagens que vivem momentos de encontro consigo próprias. Uma trapezista, uma rapariga à espera, uma mãe que tem uma caravana, um amigo para toda a vida, um actor que nunca sabe qual é o papel dele, uma avó doida por bolos, entre outros. Muitas revêem instantes do passado, de prazer e de escolha, tantas vezes dolorosa. Outras pesam anos de vida, tentando salvar uma parte, ao menos, do que sentiram. Outras avançam, como a artista de circo, sem rede. E há também uma voz mais pessoal, que nos fala do vazio de enfrentar a dor a sós, da felicidade de continuarmos pelo mundo nos olhos de um filho, ou do impulso absurdo que temos, nas relações, para? carregar pianos?...
Fonte:"Oficina do Livro

Tudo o que temos cá dentro de Daniel Sampaio


Daniel Sampaio surpreende-nos com a espantosa quase-ficção que resultou em mais um novo título, Tudo o Que Temos Cá Dentro.
As emoções que este belíssimo livro provoca, o leitor poderá descobrir e sentir à medida que se deixar envolver por estas páginas preenchidas por dois percursos fascinantes, os de Nuno e Rita, protagonistas num universo que sabemos existir, mas que nem sempre temos a coragem de enfrentar.
Fonte:"http://danielsampaio.no.sapo.pt/livro11.html"

O alfabeto trapalhão de Lurdes Breda


Este é um livro para os mais pequeninos.
Como o título sugere, fala-nos do alfabeto, mas fala-nos de forma especial, cada letrinha vem acompanhada de uma rima e de ilustrações lindíssimas. Muito atractivo, e ao mesmo tempo educativo para as crianças que estão a iniciar a escrita.
Divertido e engraçado, "O Alfabeto Trapalhão" de Lurdes Breda, pode ser uma ajuda preciosa na aprendizagem das primeiras letrinhas :)
Fonte:"http://viajarpelaleitura.blogspot.pt"

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Receção aos 1º e 5º anos


No dia 14 de Setembro de 2012 o Agrupamento de Escolas de Escariz recebeu os alunos do 1º e 5º ano para mais um ano letivo.
Nas bibliotecas exploraram o tema aglutinador "Água" com o livro a "A menina gotinha de água" de Papiniano Carlos.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Em tempo de balanço…


No âmbito das práticas pedagógicas, complementares e de consolidação de conhecimentos, as bibliotecas do nosso agrupamento, encontram-se na fase de balanço do trabalho desenvolvido, ao longo do ano, e na plataforma de lançamento do próximo ano letivo.
Assim procuramos identificar as áreas de sucesso e aqueles que apresentam resultados menores e requerem maior investimento, e até possíveis inflexões das dinâmicas iniciais.
Neste âmbito as reflexões da equipa da BEE registam como pontos fortes:
  • O apoio ao desenvolvimento curricular
  • A articulação curricular da BEE com as diferentes estruturas curriculares, docentes e discentes
  • Contribui para o desenvolvimento da literacia e informação, no âmbito da leitura e literacia
  • Projetos, parcerias e atividades livres e de abertura à comunidade
  • Apoio às atividades livres, extracurriculares e de enriquecimento curricular
  • Gestão de recursos, metodologias e práticas
Os pontos menos conseguidos situam-se nas limitações do número de colaboradores, falta de assistentes operacionais a tempo inteiro, indispensáveis à dinâmica destes espaços. A falta de operacionalização de algumas directrizes e parcerias de trabalho.
A nossa reflexão procurou ser assim um instrumento para reajustar e promover a melhoria da qualidade dos resultados obtidos. Por isso, foram objeto de análise da equipa, nesta fase final do ano. Esta reflexão visou identificar sucessos e fracassos, procurando dar uma visão holística do funcionamento da BEE.
Assumir-se como um instrumento de recolha e difusão de resultados a serem apresentados junto dos órgãos de gestão e decisão pedagógica.
Resta-nos ainda espaço e esperança para continuar e melhorar o nosso contributo e intervenção educativa deste espaço nas expectativas do próximo ano.
Ao fazermos este texto, o que mais nos motivou não foi elogiar os espaços em si, foi também mostrar que as bibliotecas não são só, um simples espaço onde se pode passar o tempo livre. Elas são lugares com grande responsabilidade e por isso queremos deixar aqui a nossa opinião de que no fundo, as nossas bibliotecas não têm de tomar iniciativas bonitas e que à vista de “interessados”, lhes interesse, elas têm como função cativar os supostos “não interessados”; desenvolvendo-lhes o muito que há para aprender. Só assim serão pessoas mais curiosas e cultas, com mais capacidade de enfrentar os diversos dilemas que a nossa sociedade e o nosso planeta nos vão trazer no futuro, futuro esse, em que estes estudantes viverão.
De todos, para todos!
Boas férias e um até breve,

PS: Ah! Já agora, não esqueçam o lema: “ Um livro, um amigo.”

quinta-feira, 17 de maio de 2012

A História também é a memória…

Vitrine da BEE - Titanic

A vitrine da BEE no átrio da escola vai contando em imagens e signos linguísticos, acontecimentos, figuras e atividades que fazem parte do nosso imaginário. Mais uma vez com a temática do “Titanic” se fez uma viagem pelo tempo, pela história da evolução tecnológica rumo ao futuro, sem esquecer o passado.
Equipa BEE

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Concurso "Cool Image"



De 11 a 25 de Maio decorrerá na B.E.E. da Escola Básica de Escariz, das 9 horas às 18 horas de segunda-feira a sexta-feira, uma exposição com os trabalhos dos alunos do Curso Operador de Fotografia.

Para além dos conhecimentos, competências e aprendizagens que se pretendam demonstrar concretizam-se também elos de visibilidade extrínsecos à comunidade escolar.
 Em simultâneo decorrerá uma votação dos três melhores trabalhos,aberta a toda a comunidade.
 Colabore, participando com a sua visita e voto.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

As Bibliotecas em ação ...


Dia Mundial do Livro
Mercado Local
No nosso agrupamento as bibliotecas escolares constituem vertentes imprescindíveis ao nosso projeto pedagógico. Proporcionam informação e ideias fundamentais ao sucesso das metodologias, desenvolvendo nos alunos competências para a aprendizagem ao longo da vida.
Momentos de Leitura
Desta forma a equipa desdobra-se em atitudes e dinâmicas que permitam contribuir para o cumprimento das metas e objetivos de aprendizagem do agrupamento, promovendo através do seu plano de ação, a aquisição e organização de documentos em suportes variados, tendo como objetivo aumentar e diversificar os ambientes de aprendizagem.
Procuramos assim proporcionar um vasto leque de recursos, incluindo meios digitais e eletrónicos de acesso a dados que promovam em cada aluno a consciência da nossa própria herança cultural e uma base para a compreensão da diversidade e multiculturalidade.
Desta forma se implementam as diferentes funções inerentes ao serviço educativo das bibliotecas, diversificado e, em muitas situações complementar: informativa, educativa, cultural e recreativa.

segunda-feira, 16 de abril de 2012

Animação na BEE

Uma Aventura no Vale Feliz

A BEE em dupla ação, a animação de espaços e a promoção da leitura, como vetor principal da aprendizagem. Assim, o mês de Abril centrou-se em particular
, na criatividade e construção de projetos ligados à leitura: “Uma Aventura no Vale Feliz” e a “Lagartinha muito Comilona”. No âmbito da leitura recordou-se  ainda o existencialismo poético de Antero de Quental.  Este último inserido na comemoração do 170º aniversário.
O público infantil juvenil e adulto puderam usufruir de temáticas consonânticas com os diferentes estados de espírito. Dois mundos, duas realidades que caminham lado a lado, juntos num mesmo percurso: a aprendizagem em construção.
Antero de Quental
Lagartinha muito Comilona


sexta-feira, 23 de março de 2012

Semana do Conhecimento


“A Bela Adormecida” por José António Rocha
Semana do Conhecimento decorreu entre 19 e 23 de Março de 2012 e teve como objetivo integrar atividades e dinâmicas do agrupamento, promovendo o intercâmbio de experiências, conhecimentos e articulações das principais metas do projeto educativo.
“A Bela Adormecida” por José António Rocha
 No setor da BEE mais uma vez se priveligiou o livro, os autores... José António Rocha e  Gizela Silva, e os hábitos de leitura, apresentando diferentes momentos e oportunidades de acesso à informação dentro e fora da sala de aula, valorizando e motivando as equipas pedagógicas para as atividades artisticas e literárias.
Encontro com Isabel Silvestre e musicólogo Alexandrino.
 Esta semana serviu também para divulgar a produção literária local, estimulando a criatividade para a produção textual, despertar o interesse pelas artes, culturas e tradições locais... Isabel Silvestre e o musicólogo Alexandrino .
 Neste ápice de síntese, o projeto da Semana do Conhecimento afirmou-se como um elo de grande visibilidade para o agrupamento que alertou a consciência, estimulou a cultura e o prazer da leitura, contribuindo para o desenvolvimento da educação de todos os participantes ativos, da nossa comunidade educativa.

segunda-feira, 19 de março de 2012

Aconteceu …


Numa constância de direções, amalgama de interesses, as nossas Bibliotecas organizaram-se no segundo período, procurando concretizar os seus objetivos iniciais.
Assim, a nossa PrimoÁsia  alargou e consolidou o gosto pela leitura domiciliária, em sala de aula e recreativa.
Na nossa PrimoAmérica desfilaram correntes de escrita livre e criativa, onde o livro, a letra e a imagem consolidaram ideias e mensagens que fizeram os nossos alunos voarem pelo mundo, sem asas de papel mas com asas de imaginação.
“… A letra B de bóia
Que é redonda,
Parece uma jibóia,
Faz uma onda,
E ao flutuar
Baloiça, nas noites de luar… “
(T4 – Sara Beatriz)
 “… A letra J como o João, está
Sempre janota.
Sempre pronta para impressionar
Procura ainda uma outra letra do alfabeto,
Querida e jeitosa para conversar.
A letra J, com o P gosta de conversar,
Amam-se no alfabeto,
Até podem casar!...”
(Célia – 8º A)

Na PrimoÁfrica as vitrines ilustradas deram a conhecer culturas, diversidades e tradições locais e nacionais.
Na PrimoAntartida recriamos memórias, linguagens, significados e vivências através da “Nossa Aldeia” por muitos trabalhada.
Foi uma viagem complexa, mas enriquecida pelo envolvimento da equipa, alunos e encarregados de educação. A viagem vai continuar e em novos apeadeiros iremos parar.
Equipa BE´s

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Semana da Internet Segura

No dia 7 de fevereiro de 2012, comemorou-se o Dia da Internet Segura. Assim, durante a semana de 6 a 10 fevereiro serão dinamizadas inúmeras atividades em todo o Agrupamento, entre as quais destacamos:
  • Palestra para alunos sobre Internet Segura a realizar na BEE
  • Mostra de trabalhos realizados pela turma CIOSI no video wall da escola sede
  • Disciplina Internet Segura, na Palatforma Moodle, com inúmeros recursos, aberta a toda a comunidade educativa
  • Questionário Internet Segura para alunos

Vamos envolver a escola!

Esta é a oportunidade perfeita para introduzir, ou reforçar, o tema da Segurança na Internet entre os alunos, professores, funcionários, encarregados de educação e pais, bem como consolidar os conceitos que, eventualmente, terão sido, ou virão a ser, abordados na sala de aula. Este ano o tema do SID é "Aproximar Gerações" e o slogan "descobrir o mundo digital em conjunto... com segurança!"

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Exposição "A aldeia"



A BEE cada vez mais e através das múltiplas equipas educativas continua a sua senda de articulação de conteúdos, saberes, entre anos de escolaridade e a envolvência do meio, com diferentes participações / colaborações. É neste sentido que se delineou a recriação de uma aldeia, as suas infraestruturas, enquadramento e criatividade. A escola foi ao meio recolher trabalhos, ideias e envolvimento, e o meio respondeu com trabalho, participação e interesse. Esta é a dialética indispensável que começa a germinar os seus frutos, numa escola aberta a ideias, sugestões e interação.
Desta forma assistimos a várias manifestações que demonstram a sintonia entre a escola e a família, numa complementaridade de objetivos, e em torno de um, em particular:
“O melhor futuro para o filho e educando e, automaticamente, para toda a sociedade.”
É necessária esta consciencialização de que todos se sintam envolvidos num processo contínuo, que é a educação. É a sociedade inteira responsável pela educação dos seus jovens, das suas novas gerações e da qualidade da formação.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Animação Semanal da BEE

Animação Semanal da BEE 

Animação Semanal da BEE 
A equipa da BEE numa das suas vertentes mais ativas implementou e está em dinâmica constante o projeto da animação semanal da BEE, dando enfoque especial à leitura e literacia. Assim se vão desenrolando diferentes momentos de contacto, abordagem, análise e transfiguração das mensagens de cada livro, apresentado, recriado e reinventado…
Este trabalho visa uma articulação direta com os alunos do Jardim de infância, 1º Ciclo do polo de Escariz e a Unidade de Autismo com a dinamização feita pelos colaboradores da BEE, alunos do 2º e 3º Ciclos.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Divulgação de autores

Marta Guerreiro e da sua obra “Mil e uma Cores”

Uma figura, uma obra, uma mensagem são flashes momentâneos por vezes marcantes e inesquecíveis. É neste contexto que a BEE pretende divulgar e sensibilizar toda a comunidade educativa para a importância dos novos autores, distinguindo o caso especial de Marta Guerreiro e da sua obra “Mil e uma Cores”. Abrir este livro, folhear levemente o seu deslizar das folhas é uma brisa de criatividade, de aceitação da diferença e relembrar a inspiração pessoana.
Veja aqui a entrevista.